Crepuscular

by - janeiro 05, 2018

Choveu o dia todo. Estou refém em meu quarto, torcendo para que ninguém se preocupe comigo... agora. Mas isso, obviamente, é uma mentira. Mesmo aqui, entre quatro paredes, me sinto como uma estrela que vai explodir. E o tempo não pode me alcançar neste momento, nem o espaço ou as outras pessoas. Eu gostaria de ser seguro assim o tempo todo, mas sei que, para mim, segurança significa loucura. Acho que felicidade também é loucura. Felicidade pode conter um pouco de arrogância e egoísmo. Chove bem fraquinho. E por isso o dia é bonito. O verde escuro úmido. O que estou fazendo? Sentindo sua falta, primeiramente. Estou ficando em silêncio comigo. Estou dançando sozinho. Girando na cadeira. Aumentando o volume da música mais e mais. Não tenho sentido tanta pressa ultimamente, nem desespero. O que sinto é vontade de ser tocado por você, de uma forma que me deixe quente. Sinto vontade de sentir seu cheiro. Sinto vontade de dormir em seu peito e de me abandonar em você. E ali me tornar arco-íris e, por fim, crepúsculo. 


Talvez você se interesse por

0 comentários

Olá!